Filmes selecionados

Longas Selecionados | Selected Feature Films

O VENENO ESTÁ NA MESA II

  2014 | Documentário | 70′ | Silvio Tendler | Rio de Janeiro – RJ, Brasil

Veneno_Still1

O Veneno Está Na Mesa 2 atualiza e avança na abordagem do modelo agrícola nacional atual e de suas conseqüências para a saúde pública. O filme também apresenta experiências agroecológicas empreendidas em todo o Brasil, mostrando a existência de alternativas viáveis, que respeitam a natureza, os trabalhadores rurais e o consumidor. Com este documentário, vem a certeza de que o país precisar tomar um posicionamento diante do dilema que se apresenta: Em qual mundo queremos viver? O mundo envenenado do agronegócio ou da liberdade e da diversidade agroecológica?

UNIDOS | UNIDOS

2013 | Documentário | 75′ | Dir. Juan Ignacio de Palma | Argentina

1369499031.2186_fotografia3UNIDOS conta a história de um grupo de pessoas que estão lutando para evitar a construção de uma estrada, na costa do Rio da Prata, que destruiria um grande parque.

O ACRE EXISTE

2013 | Documentário | 115′ | Dir. Paulo Silva Junior | São Paulo -SP | Brasil

o acre existeQuatro paulistas partem para o Acre. O filme constrói, com encontros e vivências, um retrato contemporâneo do povo e da cultura acreana. Do road movie clássico, entra numa jornada onde se mistura aos ambientes e personagens. A partir dessas tensões, viaja da história do Estado ao Santo Daime; das tribos indígenas à herança de Chico Mendes; dos soldados da borracha ao Acre atual. O documentário expõe essa descoberta entre os que chegam e os que lá estão.

Longas Convidados | Invited Feature Films

ELENA

2012 | Documentário | 82′ | Dir. Petra Costa | Brasil

imagesElena viaja para Nova York com o mesmo sonho da mãe: ser atriz de cinema. Deixa para trás uma infância passada na clandestinidade dos anos de ditadura militar e deixa Petra, a irmã de 7 anos. Duas décadas mais tarde, Petra também se torna atriz e embarca para Nova York em busca de Elena. Tem apenas pistas: filmes caseiros, recortes de jornal, diários e cartas. A todo momento Petra espera encontrar Elena caminhando pelas ruas com uma blusa de seda. Pega o trem que Elena pegou, bate na porta de seus amigos, percorre seus caminhos e acaba descobrindo Elena em um lugar inesperado. Aos poucos, os traços das duas irmãs se confundem, já não se sabe quem é uma, quem é a outra. A mãe pressente. Petra decifra. Agora que finalmente encontrou Elena, Petra precisa deixá-la partir.

O RENASCIMENTO DO PARTO

2013 | Documentário | 90′ | Dir. Eduardo Chauvet | Brasil

o renascimentoO filme “O Renascimento do Parto” retrata a grave realidade obstétrica mundial e sobretudo brasileira, que se caracteriza por um número alarmante de cesarianas ou de partos com intervenções traumáticas e desnecessárias, em contraponto com o que é sabido e recomendado hoje pela ciência. Tal situação apresenta sérias conseqüências perinatais, psicológicas, sociais, antropológicas e financeiras.

Curtas Selecionados | Selected Shorts

FUGITIVOS | FUGITIVES

 2014 | Ficção | 5′ | Dir. Ranjith Singharaja | Colombo, Sri Lanka

Fugitives-Still-02

No crepúsculo alguém está correndo através de uma floresta seca, chamuscada e quente para salvar sua própria vida. Corre e está ofegante. Enquanto isso, os sons de ataques aéreos e helicópteros são ouvidos.

ESPINHELA CAÍDA

2014 | Documentário | 24′ | Dir. Ana Sofia Paiva, Felipe Chimicatti, Pedro Carvalho e Rafael Bottaro | Conceição do Mato Dento – MG, Brasil

Espinnhela Caída [É Tudo Verdade] 2500px-2O documentário aborda a vida e a memória de quatro personagens do interior de Minas Gerais que se relacionam de algum forma com o tormento popular conhecido como Espinhela Caída. De acordo com a literatura oral, a doença afeta todos aqueles que vivenciam situações traumáticas. Após um susto, um osso localizado na altura do esterno se curva para dentro, provocando fortes dores na boca do estômago além além do aparecimento de pesadelos noturnos. Benzedores e benzedoras ficam responsáveis pela erradicação do tormento. De acordo com a tradição, caso não seja tratada a tempo, a espinhela caída pode levar à morte.

PLANTE

2013 | Animação | 3’50” | Dir. Rodrigo Simões | Divinópolis – MG, Brasil

PLANTE_cinecipo_foto2A família do senhor Valentin vive em uma roça perto da cidade. São personagens comuns que trabalham com a terra, onde plantam alguns alimentos e flores. São atentos as mudanças climáticas e comemoram as chuvas tranquilas. Primeiro episódio do curta de animação produzido nas oficinas do projeto Animando nosso Meio Ambiente.

FLOR BRILHANTE E AS CICATRIZES DA PEDRA

2013 | Documentário | 28′ | Dir. Jade Rainho | Dourados – MS, Brasil

dvd2Flor Brilhante é a matriarca de uma família indígena de rezadores Guarani-Kaiowá que vive na reserva de Dourados-MS, Brasil. Lá, cerceados de seu modo de viver originário, tentam sobreviver preservando conhecimentos e hábitos da cultura dos antigos, enquanto convivem com os efeitos e mazelas causados pelas explosões continuas de uma usina de asfalto, que dinamita e explora uma pedra sagrada no território da aldeia há mais de 40 anos.
Este documentário foi realizado em outubro e novembro de 2012, de forma totalmente independente, como um meio de conceder à família voz para contar sua história e canais para trazê-la à público.

BABAÇU DO ARARIPE

2013 | Documentário | 29′ | Dir. Alexandre Salomão | Sítio Macaúba – CE, Brasil

BabaçuO Sitio Macaúba é uma comunidade rural localizada no entorno da Floresta Nacional do Araripe, uma Unidade de Conservação de uso sustentável ao sul do estado do Ceará, distante 620 km de Fortaleza.
Esse video evidencia a importância da palmeira babaçu para os moradores do Sitio Macaúba, ao exibir as principais formas de coleta, manejo e tipos de trabalhos realizados pelos extrativistas.

SERENKATO – O CANTO DA FLORESTA

2013 | Documentário | 11′ | Dir. Jonathas Bernard | Boa Vista – RR, Brasil

SERENKATO_O Canto da Floresta (2)Na comunidade de Campo Alegre, Roraima, região norte da Amazônia brasileira, o filme Serenkato, O Canto da Floresta revela a paixão da etnia macuxi pela música indígena que há tempos é inspirada nos seus mitos e na natureza para criar uma arte que encontra na voz das crianças e jovens a sua mais sublime expressão.

17 DE JUNHO

2013 | Experimental | 16′ | Dir. Fabiana Leite | Belo Horizonte – MG, Brasil

17dejunhoFabianaLeite.2Em 2013 o Brasil foi protagonista de grandes manifestações populares que buscaram denunciar as arbitrariedades do governo brasileiro ao investir milhões de reais em eventos da FIFA em detrimento das necessidades essenciais da maioria da população do pais.

UMA TRAGÉDIA ANUNCIADA

2014 | Documentário | 14 | Dir. Diego Moura | Cubatão – SP, Brasil

Uma tragedia anunciadaO filme retrata os 30 anos da triste lembrança de uma das maiores tragedias do Brasil, o Incêndio da Vila Socó, uma favela fincada sobre um manguezal onde passavam dutos de uma refinaria que apos um vazamento destes dutos, explodiu em um grande incendio, que aconteceu em 1984. Até hoje não se sabe ao certo o numero de mortos.

O VULTO

2013 | Ficção | 19′ | Dir. Wladymir Lima | Maceió – AL, Brasil

O VULTO 3O filme narra os momentos decisivos das vidas de Dira e Binho, um casal de adolescentes de uma favela de Maceió, a capital mais violenta do Brasil. Ameaçado de morte, o jovem Binho insiste em permanecer na favela, apesar da insistência da namorada para que eles deixem o lugar. Diante da teimosia do rapaz, Dira decide fazer um feitiço que aprendeu com a madrinha para proteger o namorado de uma morte anunciada.

NÃO MAIS: UMA HISTÓRIA DE REVOLUÇÃO | NOT ANYMORE: A STORY OF REVOLUTION

2013 | Documentário | 14′ | Dir. Matthew VanDyke | Estados Unidos

não maisA história da Síria vivida por um jovem comandante rebelde e uma jornalista.  O curtametragem mostra com clareza poque o povo da Síria está lutando por sua liberdade, através de palavras emocionantes de dois personagens poderosos cujas vidas foram viradas de cabeça para baixo e dilaceradas pela guerra.

MOIRÉ

2014 | Ficção | 15 | Dir. Juan Luis Bañuelos | Espanha

mioréCada casa guarda o segredo de uma família. Durante uma hora, a cada dia, Sérgio, auxiliado por sua avó, cumpre seus desejos em uma casa dominada por seu avô. Uma reviravolta fará com que, Elena, sua mãe, tome uma decisão que mudára suas vidas.

HISTÓRIA DE VIDA | A LIFESTORY

2013 I Dir. Animação | 4 | Abelardo Fernández Bagüés | Espanha

lifestoryHistória de vida é uma animação baseada num poema do século II d.c.. É reinterpretado com um viajante surrealista protagonizado por um gato. O poema original “Himmo de la Perla”, é considerado épico e místico e nos interessa seu caráter arquetípico pelos lementos universais que contem e que podemos encontrar em nossa própria psicologia: abandonar sua casa e sua família com a missão de realizar o próprio destino em uma terra estranha, fundir-se ao sonho, esquecer a origem e ser resgatado pelas memórias mais íntimas, para, finalmente, voltar para casa.

PASSAGEM

2013 | Documentário | 6′ | Dir. Marcella Jacques | Belo Horizonte – MG, Brasil

passagemDocumentário sonoro que registra a passagem da Banda Iconili em uma cidade do interior de Minas Gerais. O show, a viagem e os encontros culturais com a comunidade local.

AISHE SAI DE FÉRIAS | AISHE IS GOING ON VACATION

2013 | Ficção | 18′ | Dir. Haris Therapis | Chipre

aishe1-300x127Um correspondente de guerra turco é enviado para fotografar a invasão turca em Chipre em 1974 e testemunha a fria execução de reféns em cativeiro. Um homem de forte orgulho étnico, e apoiador do regime militar, fica cara a cara com as políticas cruéis do exército e é forçado a fazer uma escolha, entre se manter em silêncio e continuar a ser um cúmplice, ou humano. Baseado em fatos reais.

ACALANTO

Acalanto | 2013 | Ficção | 23′ | Dir. Arturo Saboia | São Luis – MA, Brasil

still (2)Uma senhora analfabeta busca amenizar a saudade do seu filho ao solicitar à um conhecido para que leia diversas vezes a mesma velha e única carta enviada há dez anos por seu filho. Através dessas leituras, uma bonita amizade e cumplicidade é criada entre os dois.

CABO PULMO

Cabo Pulmo | 2013 | Documentário | 15′ | Dir. Manolo Mendieta | México

SEALIONO recife de corais de Cabo Pulmo é ameaçado por um mega empreendimento hoteleiro

CHAPADA DO APODI – MORTE E VIDA

2013 | Documentário | 27 | Dir. Tiago Carvalho | RJ, CE e RN, Brasil

Chapada do ApodiNa Chapada do Apodi (CE/RN), agricultores familiares enfrentam o agronegócio em defesa de um modo produtivo, sadio e sustentável de viver no sertão.

APAGANDO RASTROS | BORRANDO HUELLAS

2013 | Animação | 5′ | Dir. Armando Camero | México

ArmandoCamero_Corto_7Um pai está levando seu filho em uma viagem para um fim de semana para continuar a tradição da família. Ambos amam a natureza. Fotografiam e caçam. Eles vão invadir a floresta, para caçar um urso negro. A criança está tendo uma segunda reflexão sobre seguir as tradições que envolvem contaminação, danos e mortes. E o pai dele não vai ficar feliz com isso.

NOSSA PINTURA

2014 | Documentário | 24′ | Dir. Fábio Nascimento e Thiago Oliveira | Aldeia Moxkarakô – PA, Brasil

still_nossa pintura_01A pintura que fabrica a cultura. Os índios Mebêngôkre-Kayapó, do sul do Pará, desvendam o universo cotidiano desta fabricação, aprendida em tempos mitológicos e transmitida de geração em geração. A continuidade desta tradição, em um mundo em constante transformação, faz com que as mulheres Mebêngôkre-Kayapó, detentoras deste conhecimento, reflitam sobre as diferenças entre índios e brancos.

BICICLETAS AMBIENTE – ECONOMIAS DE QUINTAL

2013 | Documentário | 19′ | Dir. Daniel Carneiro | Belo Horizonte – MG, Brasil

Screen Shot 2014-04-09 at 4.34.47 PMO grupo Thislandyourland tem a intenção de reconhecer, pensar e intensificar as microeconomias, gerar mais autonomia e disseminar a ideia para abranger uma população cada vez maior. No projeto Bicicletas ambiente, realizado em Belo Horizonte, o grupo procurou subverter a ordem econômica de caráter global e homogeneizante a partir de uma série de intervenções e ações que usaram duas bicicletas como meio de transporte e como instrumento de pesquisa das microeconomias em todas as regionais da cidade, para a coleta de matérias e como dispositivo para realizar pequenos eventos. Bicicletas comuns foram adaptadas por meio de uma leve estrutura de bambu a elas acoplada e, assim, transformadas em veículos de carga, desdobráveis em ambientes temporários.

OS EFEITOS DA AÇÃO ANTRÓPICA: PARQUE ESTADUAL DO ROLA -MOÇA

2013 | Documentário | 7′ | Dir. Erick Ricco e Victor Dias | Belo Horizonte – MG, Brasil

ROLA-MOÇAAs ações do homem e suas consequências no Parque Estadual da Serra do Rola-Moça.

SOS IMBURANA

2013 | Documentário | 5′ | Dir. Coletiva | Aparecida – PB, Brasil

sos_imburanaA feira livre da pequena cidade de Aparecida, se torna cenário de um dos grandes dilemas da caatinga “conforto x preservação”. Onde seu Antônio (grande artesão regional) mostra seu trabalho e fala sobre a extinção da sua matéria-prima, a “Imburana”.

VOZES DO APARTHEID EM PRETO E BRANCO | APARTHEID VOICES IN BLACK AND WHITE

2013 | Documentário | 52′ | Dir. Federico Marcello | África do Sul

APARTHEID_ENG (720)-1Com o 20º aniversário da queda do regime do Apartheid e a morte do maior líder da luta, Nelson Mandela, um grupo de cineastas independentes cruza a África do Sul em busca da compreensão acerca do Apartheid e seu legado. A jornada capta experiências pessoais de várias partes do país “Nação Arco-íris” e uma vívida história é revelada, refletindo tanto separação quanto reconciliação na sequência da queda do maior regime  de segregação racial e discriminatório do século XX.

PALMEIRA DO SERTÃO

2013 | Documentário | 5′ | Dir. Coletiva | Aparecida – PB, Brasil

xicoO documentário mostra a rotina de uma família que sobrevive do extrativismo da carnaúba, desde a colheita da palha, cera e confecção artesanal da vassoura.

DE PAPELÃO

2013 | Ficção | 23′ | Dir. Joel Schoenrock | Curitiba – PR, Brasil

DE PAPELÃOO amor de João e Clara parece ter acabado vítima da rudeza do dia a dia e pelo desgaste do tempo. No entanto, eles continuam juntos e levando a vida, até que novas situações vão relembrar o que parecia estar esquecido e dirão, à sua maneira, o que nunca foi dito antes.

MILAGRE.MAS

2014 | Experimental | 4′ | Dir. Thiago Lemos | Goiânia, GO, Brasil

MILAGRE MASVideoarte que discute a relação da humanidade com os recursos hídricos, contrapondo uma alegoria mitológica à cenas reais em timelapse da principal bacia hidrográfica de Goiás, a do rio Meia Ponte.

JARDIM DE PEDRAS | JARDÍN DE PIEDRAS

2013 | Documentário | 43′ | Dir. Víctor Cabrera, Cristian Caradeuc | Chile

JARDIN DE PIEDRAS - Foto 1Pinte é uma pequena cidade rural localizada no norte do Chile, um lugar habitado por gente simples, possuindo tradições culturais valiosas e um profundo conhecimento do território em que vivem e que está, infelizmente, a ponto de desaparecer.
O esforço de um grupo de jovens arquitetos para implementar um projeto de turismo sustentável incentiva comunidade. No entanto, a iniciativa estará seriamente ameaçada por um fator que não estava em seus planos, mas que vai certamente mudar o destino do projeto.

DÚPLICE

2014 | Ficção | 19 | Dir. Leon Junqueira | Goiânia – GO, Brasil

DUPLICEMONTAGEM.Still013O ser contemporâneo e sua dualidade. Dois homens e suas contradições. Em busca do equilíbrio entre progresso e preservação, individualidade e cidadania. Como conciliar isso em um ambiente urbano sem esquecer sua própria natureza?

SERRA

2013 | Videodança | 6′ | Dir. Fernanda Abdo, Victor Alves | Belo Horizonte – MG, Brasil

Still 04 Serra“Serra” retrata três dançarinos viventes da cultura urbana e dos aglomerados de Belo Horizonte que desenvolveram sua arte associando a riqueza cultural de suas experiências locais à pesquisa profissional em danças urbanas. A interação com a locação escolhida, o Aglomerado da Serra, não foi por acaso. Individualmente, cada dançarino carrega memórias de uma relação própria com esse lugar que ajudou a educar seus corpos para se expressarem através da dança. Ao interagirem com situações e cenários cotidianos em “Serra” eles revivem e contam a própria história, enriquecida pelo olhar de quem vive a favela, mas abriu-se para o mundo. De quem profissionalizou-se na dança valorizando sua essência. De quem permitiu-se pisar em outros territórios e buscar o conhecimento necessário à evolução e ao aprimoramento, sem deixar suas raízes para trás.
Hoje integrantes da Companhia Fusion de Danças Urbanas, com forte pesquisa nas diferentes vertentes que compõe o universo das danças urbanas e enorme segurança em seus trabalhos de improvisação, eles mostram sua relação com a periferia com consciência corporal e leveza. E depois de alguns anos de palcos e refletores, eles descortinam a arquitetura dos becos e lajes enquanto espaço do fazer artístico também.
“Serra” ainda faz menção à própria evolução dos dançarinos e da Companhia durante sua caminhada e suas conquistas no universo da dança. Tudo isso segue em processo. E a subida é árdua. Mas vale cada passo. O aprendizado é contínuo… e a vista fica cada vez mais bonita.

A GAIOLA

2013 | Animação | 2′ | Dir. Samira Daher | Belo Horizonte – MG, Brasil

cena120001Uma pequena alegoria sobre a mística da liberdade e suas implicações.

SÃO FÉLIX DO XINGU

2013 | Documentário | 26′ | Dir. Carolina Freitas da Cunha | São Paulo – SP, Brasil

são felixEm 1992, a antropóloga norte-americana Marianne Schmink publicou um livro que se tornaria um clássico dos estudos amazônicos: “Contested Frontiers in Amazonia”.
Vinte anos depois, na ocasião do lançamento da versão brasileira do livro, a professora volta ao município paraense de São Félix do Xingu, objeto de seus estudos nos anos 70.

2HA

2014 | Documentário | 11′ | Dir. Tana Garrido | Espanha

2HAUm documentário sobre um assunto e um espaço específico: um fazendeiro e sua fazenda, onde desenvolveu um método particular de cultivo.

EU EXISTO | I EXIST

2014 | Documentário | 10′ | Dir. Ahmed Abdelnaser | Egito

I EXISTO filme retrata uma das cenas Sírias e suas crianças removidas para campos de refugiados após suas casas e escolas terem sido destruídas três anos atrás nas fronteiras.

FILHOS DA TERRA | HIJOS DE LA TIERRA

2013 | Documentário | 29′ | Dir. Axel O’Mill e Patxi Uriz | Espanha

14317882623_fb6fcb9c5b_bFilhos da terra é o testemunho de pessoas vinculadas à natureza que abrem seu coração para transmitir à humanidade a sabedoria da Mãe Natureza. Este documentário quer servir como veículo transmissor destes sábios conhecimentos e de conscientizar o espectador do que significa ser “filho da Terra”. O materialismo e o stress a que somos submetidos na sociedade atual nos impedem de ir em busca da consciência, nos afastando da natureza. Damos costas à ela sem nos importamos em explora-la incessantemente.

Filmado na Espanha, Brasil, México, Reino Unido e França.

APÓS 17 HORAS | PAS AZ HEFDAH SA AT

2013 | Ficção | 7′ | Dir. Babak Habibifar | Irã

irãUm fotógrafo vai para o campo de trabalho, mas um incidente acontece com ele.

PSEUDO EVOLUÇÃO

2013 | Animação | 4′ | Dir.Alexandre Juruena | Rio de Janeiro – RJ, Brasil

psuedoevoluçaoUma visão irreverente e crítica sobre a evolução da espécie humana através do desenvolvimento da civilização capitalista.

UMA GARRAFA DAS VIDAS | A BOTTLE OF LIVES

Uma garrafa das vidas | A bottle of lives | 2014 | Animação | 3′ | Dir. Ching-Yu Yang | Tailândia

bottleUma garrafa vazia usa sua imaginação para enriquecer a si e ao mundo.

CASA DE LENHA | CASA DI LEGNA

2013 | Documentário | 16′ | Dir. Tommaso Donati | Suiça

casa de legnaA Casalborgone, uma pequena aldeia nas montanhas do Piemonte, a vida rural e as ações são filmadas em uma poética do silêncio. Uma mulher idosa vive e trabalha feliz em sua pequena fazenda. Um homem que corta a madeira e, finalmente, um homem constrói uma casa de madeira.

O MELHOR AMIGO

2013 | Ficção | 18′ | Dir. Allan Deberton Nogueira Linhares | Fortaleza – CE, Brasil

melhor amigoSábado, primeiro dia de férias. Lucas e Felipe decidem ir a praia.

A ILHA NEGRA | L’ÎLE NOIRE

2014 | Animação | 7′ | Dir. Nino Christen | Suiça

lilenoire_h264

Em uma ilha, na borda das florestas, um vigia e seu pássaro vivem uma vida miserável e isolada. Um dia surge uma enganosa chance de se livrar do tédio e um grande perigo se esconde atrás dela.

A ESTRADA DE RAFFAEL | LA STRADA DI RAFFAEL

2013 | Documentário | 25′ | Dir. Alessandro Falco | Itália

a estrada de rafaelRafael é um garoto de 13 anos que vive nos subúrbios de Nápoles. De 12h às 15h30 e de 19h às 21h ele vende cigarros na esquina de uma rua com seu amigo Adama. Eles estão ensaiando para tocar música no festival da aldeia. Enquanto isso, a polícia e os manifestantes vêm lutando por dias após a decisão do prefeito de expulsar um conjunto de apartamentos. Rafael está esperando com ansiedade para a mãe voltar para casa. Enquanto espera, ele desenha uma casa, com um jardim.

 

Curtas e Médias convidados | Invited Shorts

SEGUNDO VENTO| SECOND WIND

2012 | Ficção | 7′ | Dir. Sergey Tsyss | Russia

Second Wind film frame (2)Todos los días hace una nueva flor de lata y la planta en el suelo seco. Este es el objetivo de su existencia, ya que no queda nada más en el mundo, salvo el crujido metálico de las flores del apocalípsis.

KAPINAUA

2012 | Documentário | 5′ | Dir. Coletiva | Arco Verde – PB, Brasil

No Parque Nacional Vale do Catimbau habita uma extensa comunidade indígena. Seu Aldálio, índio kapinauá, mostra como manejar o Bioma Caatinga para suprir suas necessidades diárias, e através dos rituais de cura, preserva a tradição do seu povo.

SAÍDA | EXIT

2012 | Ficção | 2′ | Dir. Pepe Botias | Espanha

exitQuando uma criança é explorada não tem como voltar atrás.

VERDADE 12.528

2013 | Documentário | 55′ | Dir. Paula Sacchetta e Peu Robles | São Paulo – SP, Brasil

Dona Adalgisa 2 CREDITO PEU ROBLESComo manter viva a memória dos que tombaram durante a ditadura militar? De que maneira contornar os impedimentos legais trazidos pela Lei da Anistia, promulgada há trinta anos, e prosseguir com os trabalhos de resgate e reconstrução deste período? De que modo juntar os fatos dispersos para montar o quebra-cabeças e recuperar a imagem de uma das fases mais escuras da história do nosso país? Como resquícios da ditadura militar continuam presentes, ainda hoje, em nossa sociedade? A recém instaurada Comissão da Verdade surgiu para buscar algumas destas respostas. E paralelamente a ela, percebemos a necessidade de um registro desse processo.
Afinal, que crimes daquele período ainda estão sem averiguação e continuam impunes? Quantos foram mortos, como foram mortos, quem os assassinou? Onde estão os corpos de pais, irmãos, irmãs, filhos e filhas de centenas de cidadãos brasileiros? Até onde chegará o trabalho da Comissão da Verdade e o que a população espera dela?

JÁ ME TRANSFORMEI EM IMAGEM

Já me transformei em imagem | 2008 | Documentário | 32′ | Dir. Zezinho Yube | Acre

ja me transformei em imagemComentários sobre a história de um povo, feito pelos realizadores dos filmes e por seus personagens. Do tempo do contato, passando pelo cativeiro nos seringais, até o trabalho atual com o vídeo, os depoimentos dão sentido ao processo de dispersão, perda e reencontro vividos pelos Huni kui.

Breve nota da Curadoria

Cardes Amâncio e Paulo Heméritas

Foi um prazer receber este ano cerca de 200 filmes de diversas partes do Brasil e do mundo.

Aqui do nosso modo artesanal de fazer cinema e festival, salvando um leão por dia, imergimos em longas sessões garimpando o que será exibido.

Entre ficções, documentários, experimentais e animações o cinema nos aproxima do outro, e, daqui do Brasil, da Serra do Cipó, os espectadores poderão ouvir uma família curda contando sobre as guerra do Iraque de uma forma que não poderia se ouvir nos meios de mídia antigos. O cinema é capaz de operar essas fissuras na grande máquina da produção do discurso único.

Também poderemos talvez descobrir que o genocídio dos povos originários que ocorre no Brasil hoje poderia estar sendo evitado se os livros escolares de história se ocupassem em dizer a verdade. Verdade que agora nos aparece no cinema ao assistir um velho cacique dizendo que “já se transformou em imagem”. A velha elite vai caindo.

O rural está fortemente presente nessa edição. Seja o campo do velho continente ou da América Latina… Dos que nasceram e vivem a vida toda longe da cidade ou daqueles que no campo querem experimentar novas possibilidades. Tentativa de se escapar à normatização da vida? Pode ser… No mato não tem outdoor de propaganda.

As crianças são contempladas como personagens de filmes e como espectadores em filmes produzidos especialmente pra elas. E nesse cuidado da curadoria sustenta-se nossa esperança de que um mundo diferente se constrói cotidianamente.

Nossa curadoria aprecia os novos dispositvos de construção documental, mas não se seduz pelas novidades, já que a maior delas é bem antiga e data do início do cinema direto. Momento em que pessoas comuns puderam ter câmeras nas mãos e circular pelo mundo. Ampliava-se, e continua em expansão, a circulação de outros discursos através dos novos filmes produzidos por outros que não a indústria do entretenimento. Dessa forma não enxergamos o recurso da entrevista como algo antigo e monótono e sim como a posslibilidade de amplificação de vozes, como a de um quilombola do centro-oeste brasileiro ou a de um guarani-kaiowá, em filmes que tecem a teia da resistência.

Apenas algumas notas… Nos vemos em outubro, no cinema ao ar livre. Muito livre.

Anúncios