Home » Filmes » Cartografias políticas » Se o Ar Tóxico É um Monumento à Escravidão, Como o Derrubamos?

Se o Ar Tóxico É um Monumento à Escravidão, Como o Derrubamos?


Se o Ar Tóxico É um Monumento à Escravidão, Como o Derrubamos?
de Forensic Architecture, 2021, Reino Unido, 37’

Como enfrentar o inimigo que se infiltra invisível nas moléculas do ar? Como combater o racismo que as indústrias capitalistas contemporâneas querem esconder e soterrar? Na terra das plantations, à beira do Rio Mississippi, a injustiça ambiental se propaga pelo vento e se infiltra nas camadas do solo. Enquanto as empresas lucram e destroem a natureza, as pessoas que mais sofrem têm a pele negra e a condição social pobre. O cinema se transforma em uma máquina de mapeamento e visualização crítica do mundo, uma técnica de cartografia minuciosa do presente, para gerar conhecimento e combater a injustiça. (luís flores)