Premiados – 2° Edição

Agradecemos a participação de cada realizador e parabenizamos pelo belo trabalho.

Melhor Filme do Festival

A Dança do Tempo – Dir. Christian Spencer / Documentário

Sinopse: A “Dança do Tempo” leva o espectador a uma viagem pelas belezas e pelos infinitos ciclos da Natureza.

Categoria Documentário

O Som do Aboio – Dir. Adriano Roberto

Sinopse: A cultura do aboio resiste na contramão do mundo contemporâneo no pequeno município de São José dos Ramos, agreste paraibano. O legado de Zé Preto, famoso aboiador, é reproduzido de geração em geração.

Categoria Ficção

A Galinha que Burlou o Sistema – Dir. Quico Meirelles

Sinopse: Numa granja industrial uma galinha tem uma visão: toma consciência da engrenagem que rege sua vida, que determina seu destino. Mesmo enclausurada entre milhões de galinhas que não compartilham de sua angústia, ela acredita que a vida pode ser diferente.

Categoria Animação

Escalada – Dir. Paulo Muppet e Luciana Eguti

Sinopse: Em uma ilha em forma de cubo, dois vizinhos iniciam uma disputa para construir a torre mais alta.

Categoria Experimental

Dique – Dir. Adalberto Oliveira

Sinopse: Onde antes era um cenário paradisíaco, surge uma nova paisagem sonora proporcionada pela urbanização desordenada e caótica numa cidade dormitória.

Melhor filme escolhido pelo Júri Popular

À Sombra de um Delírio Verde – Dir. An Baccaert, Cristiano Navarro e Nico Munõz

Sinopse: Trata-se dos conflitos relativos a questões fundiárias e de relações trabalhistas entre os nativos Guarani Kaiowá e os produtores da indústria sucroalcooleira na fronteira entre Brasil e Paraguai.