… e para os índios, o lixo! (2014, 20′) / RR / Documentário
Direção: Edson Damas da Silveira e Serguei Aily Franco de Camargo


A comunidade indígena Ouro Preto localiza-se na Terra Indígena São Marcos, no norte de Roraima, divisa com a Venezuela. A comunidade vive em constante conflito com a sede municipal de Pacaraima, instalada pelo Governo de Roraima como obstáculo a perpetuação da terra indígena.

Atualmente, encontra-se em trâmite no STF uma ação para a desintrusão dos não índios da área. O processo entretanto, está parado há mais de dez anos sem qualquer providência. O resultado da omissão do Estado é degradante ao submeter comunidades indígenas e o meio ambiente da região, ao dispor irregularmente todo o lixo doméstico da cidade nas imediações da comunidade Ouro Preto, provocando doenças e ferindo a dignidade de todos.