Para onde foram as andorinhas (2015, 22‘) / SP / Documentário
Direção: Mari Corrêa


O clima está mudando, o calor aumentando. Os índios do Xingu observam os sinais que estão por toda parte. Árvores não florescem mais, o fogo se alastra queimando a floresta, cigarras não cantam mais anunciando a chuva porque o calor cozinhou seus ovos. Os frutos da roça estão se estragando antes de crescer. Ao olhar os efeitos devastadores dessas mudanças, eles se perguntam como será o futuro de seus netos. E ficam indignados ao constatar o que se passa entorno do seu território. Nos últimos 30 anos, 86% das florestas foram derrubadas e deram lugar à monocultura de soja e milho.

“Não aceitamos que os brancos acabem com a floresta. Como é que nós vamos nos defender deles?”