O Festival

Conheça os filmes premiados da 8ª edição!

Filme Favorito do Júri do Festival
Motriz – Dir. Tais Amordivino / BA / 2018

Melhor Filme Insurgente
Negrum3 – Dir. Diego Paulino / SP / 2019

Melhor Curta
O Grande Amor de um Lobo – Dir. Kennel Rogis e Adrianderson Barbosa / RN / 2018

Melhor Curta Animação
A Criação do Mundo (The creation of the world) – Dir. Antonio Coello / México / 2019

Menção Honrosa Curta
Os Verdadeiros Lugares Não Estão no Mapa – Dir. João Araió / RJ / 2019

Melhor Média
Bimi, Shuku Ikaya / Dir. Isaka Huni Kuin, Siã Huni Kuin, Zezinho Yube / AC / 2018

Melhor Longa
Cinzas e Brasas (De cendres et de braises) – Dir. Manon Ott / França / 2018

Menção Honrosa
Espero tua (re)volta – Dir. Eliza Capai / SP / 2019

 

Nota do júri

O Cinecipó e a semeadura do filme insurgente no Ciberespaço.

A presente nota do júri tem por objetivo compartilhar com os realizadores participantes e o público do VIII Cinecipó – Festival do Filme Insurgente os critérios de escolha das obras premiadas nesta edição.

O presente cenário do audiovisual apresenta-se como campo de luta por representações sociais de grupos cuja aglutinação motiva-se em prol das seguintes questões: direitos humanos; nacionalidades; gêneros; classes; étnicas; ecológicas.

Tendo por base a definição clássica da Ciência Políticas da indicação teórica que os grandes grupos de mídia atuam na orientação das subjetividades para formação de um consenso político. Torna-se o papel do filme insurgente justamente voltar-se ao delineamento de uma contraposição ao consenso desejado, o impedindo de realizar-se plenamente. A estratégia do filme insurgente é propiciar maior visibilidade aos grupos sociais nele abrigados no Ciberespaço como campo de oposição.
Nesse sentido as produções premiadas foram analisadas quanto as de maior potencial para estes enfrentamentos. Características fílmicas, narrativas e discursivas foram ponderadas quanto a sua aderência ao filme insurgente e suas subdivisões temáticas: ficção, documental, animação, estrangeira.

Os filmes analisados foram discutidos por três jurados em busca dos melhores pontos de crítica e busca de um consenso sob uma ótica hermenêutica.

Júri 2019:
Layla Braz
Paulo Heméritas
Ruy Sposati

 

O Cinecipó chegou à sua 8ª edição em 2019 e foi realizado entre os dias 11 e 21 de dezembro no Cine Humberto Mauro e no Sesc Palladium, em Belo Horizonte.

Foram exibidos 12 longas e médias-metragens e 73 curtas-metragens, ambas categorias em mostras competitivas. Confira os filmes selecionados e os horários das sessões e debates!

Baixe a programação em PDF.

Foram realizadas as seguintes atividades formativas:

– Oficina de produção audiovisual “GAZUAS: emergindo silêncios submersos“.
– Curso “Cinema de índio: nativas narrativas em novas tecnologias

O 8o Cinecipó – Festival do Filme Insurgente conta com patrocínio da MGS e é realizado com recursos da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (projeto 1003/2017), apoio da Fundação Clóvis Salgado / Governo de Minas Gerais e apoio cultural do Sesc.